Padrão da Raça Spitz Alemão

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA

Fédération Cynologique Internationale

 

grupo 5

Padrão Oficial da Raça

 

SPITZ ALEMÃO,

 

incluindo o KEESHOND e o POMERÂNIA

 

 

padrao spitz alemao

Esta ilustração não representa necessariamente o exemplo ideal da raça

 

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA

Filiada a Fédération Cynologique Internationale

 

TRADUÇÃO: Suzanne Blum/REVISÃO: Claudio Nazaretian Rossi

PAIS DE ORIGEM: Alemanha

DATA DE PUBLICAÇÃO DO PADRÃO OFICIAL VÁLIDO: 17/01/2013

UTILIZAÇÃO: Cão de guarda e companhia

CLASSIFICAÇÃO F.C.I: Grupo 5 - Spitz e Tipos Primitivos

Seção 4 - Spitz Europeus

Sem prova de trabalho

 

 

Sergio Meira Lopes de Castro

Presidente da CBKC

 

 

Roberto Cláudio Frota Bezerra

Presidente do Conselho Cinotécnico

 

 

Importante: Essa tradução é apenas para gerar uma facilidade aos interessados que não dominam os idiomas oficiais da FCI.

SPITZ ALEMÃO, incluindo o

KEESHOND e o POMERÂNIA

 

 

BREVE RESUMO HISTÓRICO: os Spitz Alemães são descendentes dos cães da Idade da Pedra: <<Peat dogs>> (Torfhund) << Canis familiaris palustres Rüthimeyer >> e mais tarde o Lake Dweller’s (Pfahlbau) Spitz; são as raças de cães mais antigas da Europa Central. Muitas outras raças foram criadas a partir delas. Nos países de línguas não germânicas os “Wolfsspitz” são conhecidos como Keeshonds e os Spitz Anão como Pomerânia.

 

APARÊNCIA GERAL: os Spitz cativam pela beleza de sua pelagem, feita para ficar externamente ao abundante subpelo. Particularmente impressionante é o forte tipo de juba ao redor do pescoço (“rufo”) e a espessa cauda atrevidamente portada sobre o dorso. A cabeça de raposa com olhos alertas e as pequenas orelhas pontudas, inseridas próximas uma da outra, dão ao Spitz sua característica única, uma aparência atrevida.

 

PROPORÇÕES IMPORTANTES: a relação entre a altura na cernelha e o comprimento do corpo é de 1:1.

 

COMPORTAMENTO /TEMPERAMENTO: o Spitz Alemão está sempre atento, esperto e é excepcionalmente devotado ao seu dono. É muito dócil e fácil de ser treinado. Sua desconfiança com estranhos e sua ausência de instinto de caça fazem dele um cão de guarda ideal para casas e fazendas. Ele não é nem tímido nem agressivo. Indiferente às intempéries, robustez e longevidade são seus atributos mais importantes.

 

CABEÇA

REGIÃO CRANIANA: cabeça de tamanho médio; vista de cima parece mais larga em sua parte posterior e diminui, em forma de cunha, até a ponta da trufa.

 

Stop: moderado a marcado, nunca abrupto.

 

REGIÃO FACIAL

Trufa: redonda, pequena e de cor preto puro; marrom escuro em Spitz marrons.

 

Focinho: não muito longo e harmoniosamente proporcionado ao crânio. (No Wolfspitz/Keeshond - Spitz Lobo, Spitz Grande e Spitz de tamanho Médio a relação entre o comprimento do focinho e o do crânio é de aproximadamente 2:3; no Spitz pequeno e no Spitz anão é de aproximadamente 2:4).

 

Lábios: não são exagerados, bem aderentes ao maxilar e não formam nenhuma ruga nos cantos da boca (comissuras labiais). São completamente pretos nos Spitz de todas as cores; marrons nos Spitz marrons.

 

Maxilares / Dentes: os maxilares são normalmente desenvolvidos e mostram uma completa mordedura em tesoura, com 42 dentes, correspondendo à fórmula dentária do cão, isto é, os dentes (incisivos) superiores se fecham ajustados aos dentes (incisivos) inferiores e estão ortogonalmente inseridos nos maxilares. Nos Spitz miniatura e anão (Pomerânia), a falta de alguns pré-molares é tolerada. Mordedura em torquês é permitida em todas as variedades de Spitz Alemão.

 

Bochechas: são delicadamente arredondadas, sem serem protuberantes.

 

Olhos: são de tamanho médio, de forma alongada, ligeiramente oblíquos e escuros. As pálpebras são pretas em todas as tonalidades de cores; marrom escuras nos Spitz marrons.

 

Orelhas: as pequenas orelhas são inseridas altas e relativamente próximas entre si, triangulares e pontudas; elas são sempre portadas eretas, rígidas nas pontas.

 

PESCOÇO: de comprimento médio, é largo na inserção entre os ombros; ligeiramente arqueado, sem barbelas e coberto por uma pelagem espessa e profusa que forma uma grande juba.

 

TRONCO

Linha superior: começa na ponta das orelhas, portadas eretas, e funde-se numa suave curva com o dorso, que é curto e reto. A cauda espessa, vasta e que cobre parcialmente o dorso arredonda a silhueta.

 

Cernelha / Dorso: a cernelha alta desce imperceptivelmente para o dorso o mais curto possível, reto e firme.

 

Lombo: curto, largo e forte.

 

Garupa: é larga e curta, sem ser caída.

 

Peito: profundo e bem arqueado; o antepeito bem desenvolvido.

 

Linha inferior: a caixa torácica alcança o mais profundo possível; o ventre tem somente um ligeiro esgalgamento.

 

CAUDA: inserida alta e de tamanho médio. Projeta-se para cima e curva-se para a frente sobre o dorso; reta desde a raiz. Coloca-se firmemente sobre o dorso e é coberta por uma pelagem bem espessa. Uma curva dupla na ponta da cauda é tolerada.

 

MEMBROS ANTERIORES

 

Aparência geral: retos, com a frente mais larga.

 

Ombros: a escápula é longa e bem colocada para trás. O ombro é bem musculoso e firmemente conectados ao tórax.

 

Braços: o braço é aproximadamente do mesmo comprimento da escápula; forma um ângulo de 90° com ela.

 

Cotovelos: articulação do cotovelo é forte, adequadamente ajustados ao tórax e não virando nem para dentro nem para fora.

 

Antebraços: de comprimento médio em relação ao corpo; fortes e completamente retos. A parte de trás do antebraço é bem franjada.

 

Metacarpos: fortes, de comprimento médio e formam com o antebraço um ângulo de 20° com a vertical.

 

Patas: tão pequenas quanto possíveis, redondas e fechadas, chamadas “pés de gato” com dedos bem arqueados. As unhas dos pés e as e almofadas (coxins) são pretas em todas as variedades de cores, mas marrom escuro nos cães marrons.

 

POSTERIORES

Aparência geral: os posteriores são muito musculosos e abundantemente franjados até os jarretes. As pernas posteriores são retas e paralelas.

 

Coxas e Pernas: são aproximadamente do mesmo tamanho.

 

Joelhos: de articulação forte, com uma angulação somente moderada; em movimento, não viram nem para dentro nem para fora.

 

Metatarsos (Jarretes): de comprimento médio, muito fortes e verticais ao solo.

 

Patas: tão pequenas quanto possíveis, bem fechadas com dedos bem arqueados, chamadas “pés de gato”. As almofadas (coxins) são resistentes.

A cor das unhas e das almofadas é tão escura quanto possível.

 

MOVIMENTAÇÃO: o Spitz Alemão se move reto para frente, com boa propulsão, fluente e elástica.

 

PELE: a pele cobre o corpo firmemente, sem nenhuma ruga.

 

PELAGEM

Pelo: o Spitz Alemão tem uma pelagem dupla: o pelo externo é longo, reto e separado; o subpelo é curto, grosso e lanoso. Cabeça, orelhas, parte da frente dos membros anteriores e posteriores e as patas são cobertas por pelos curtos e espessos (aveludados). O resto do corpo tem uma longa e rica pelagem. Não ondulada, crespa ou encordoada e nem repartida no dorso. Pescoço e ombros são cobertos por uma abundante juba. A parte posterior dos membros anteriores é bem franjada, as pernas posteriores têm franjas abundantes da garupa até o jarrete. A cauda é espessa.

 

Cor

a)Wolfspitz / Keeshond (Spitz Lobo): Cinza sombreado.

SPITZ LOBOEsta ilustração não representa necessariamente o exemplo ideal da raça

b) Spitz grande: Preto, marrom e branco.

SPITZ ALEMÃO PRETO

Esta ilustração não representa necessariamente o exemplo ideal da raça

c) Spitz médio: Preto, marrom, branco, laranja, cinza sombreado, outras cores.

SPITZ ALEMÃO MÉDIOEsta ilustração não representa necessariamente o exemplo ideal da raça

 

d) Spitz pequeno: Preto, marrom, branco, laranja, cinza sombreado, outras cores.

SPITZ PEQUENO

Esta ilustração não representa necessariamente o exemplo ideal da raça

e) Spitz anão (Pomerânia): Preto, marrom, branco, laranja, cinza prateado, outras cores.

SPITZ ANÃO

Esta ilustração não representa necessariamente o exemplo ideal da raça

 

Spitz preto: No Spitz preto, subpelo e também a pele devem ser pretos e a pelagem de cobertura deve ser um preto brilhante sem nenhuma marca branca ou de outra cor.

 

Spitz marrom: O Spitz marrom deve ser uniformemente marrom escuro.

 

Spitz branco: O pelo deve ser branco puro sem qualquer tom de amarelo em particular, que muitas vezes ocorre, especialmente nas orelhas.

 

Spitz laranja: O Spitz laranja deve ser uniformemente na variação (tom) média da cor.

 

Spitz sombreado de cinza (acinzentado) / Keeshond (Spitz Lobo): O sombreado de cinza é um cinza prateado com as pontas dos pelos pretas. Focinho e orelhas de cor escura; ao redor dos olhos os “óculos” bem definidos, apresentam-se como delicadas pinceladas de linhas pretas partindo do canto externo dos olhos para o canto mais baixo da orelha, junto com marcas definidas e sombreadas formando uma expressiva sobrancelha; uma juba e um colar mais claros sobre os ombros; anteriores e posteriores sem nenhuma marca preta sob os cotovelos ou joelhos, exceto por ligeiras pinceladas pretas nos dedos; ponta da cauda preta; abaixo da cauda (face ventral) e culotes em cinza prateado pálido.

 

Outras cores de Spitz: O termo “outras cores” cobre todas as nuanças de cor, como: creme, creme-“sable” (creme-zibelina), laranja-“sable” (laranja-zibelina), preto e castanho (“tan”) e particolor (tendo o branco como cor dominante). As marcas pretas, marrons, cinzas ou laranjas devem ser distribuídas sobre o corpo inteiro.

 

TAMANHO / PESO

Altura na cernelha:

a) Wolfspitz / Keeshond (Spitz Lobo): 49 cm +/- 6 cm.

b) Spitz Grande: 46 cm +/- 4 cm.

c) Spitz Médio: 34 cm +/- 4 cm.

d) Spitz Pequeno: 26 cm +/- 3 cm.

e) Spitz Anão / Pomerânia: 20 cm +/- 2 cm.

(Cães abaixo de 18 cm são indesejáveis.)

 

Peso: cada variedade de Spitz Alemão deverá ter um peso de acordo com seu tamanho.

 

FALTAS: Qualquer desvio dos termos deste padrão deve ser considerado como falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade e seus efeitos na saúde e bem estar do cão.

 

FALTAS GRAVES

Faltas na estrutura.

Cabeça muito plana; distinta cabeça de maçã.

Trufa, pálpebras e lábios cor de carne.

Ausência de dentes no Wolfspitz/Keeshond (Spitz Lobo), Spitz Grande e Spitz de tamanho Médio.

Faltas na movimentação.

Nos Spitz sombreados de cinza, falta das marcas características da face.

 

FALTAS ELIMINATÓRIAS

Agressividade ou timidez excessiva.

Todo cão que apresentar qualquer sinal de anomalia física ou de comportamento deve ser desqualificado.

Fontanela (moleira) aberta.

Prognatismo superior ou inferior.

Entrópio ou ectrópio.

Orelhas semi-eretas.

Manchas brancas definitivas em todos os Spitz não brancos.

Qualquer cor que tenha o fator merle.

 

NOTA: Os machos devem apresentar os dois testículos, de aparência normal, bem descidos e acomodados na bolsa escrotal.

 

As últimas modificações estão em negrito.

 

ASPECTOS ANATÔMICOS

anatomia cachorro

St. FCI Nº 97 / 25/01/2013